SiteLock

_____________________

Nossos Blogs

Em Gotas: Pessoas, Educação e Negócios

Walter Gassenferth

Walter Gassenferth

Gerenciamento de Projetos

Walther Krause

Walther Krause

Sustentabilidade e Gestão

Ciro Mendonça

Ciro Mendonça

Relações com Investidores

Silvia Pereira

Silvia Pereira       

Gestão de Pessoas em Contos

Samir de Oliveira Ramos

Samir Ramos

Economia e Gestão de Negócios

Ruy Quintans

Ruy Quintans


Dois P na Gestão

Blog Dois P na Gestão

João Paulo Iunes


 Processo Decisório 

Ruy MottaRuy Motta

.

Leia o Blog Finalité

sobre Marketing e Negócios

.

.

_________________________________________

Apoio

Google AgendaFacilidades do siteWeb MailGoogle TradutorOutros Sites

________________________________________

Redes Sociais

FacebookTwitter

Google+TumblrLinkedin

________________________________________


.

.

.

.

.

 

.

.

Mapa do BlogBLOG GESTÃO DE PESSOAS EM CONTOSSamir de Oliveira Ramos

por Samir Ramos,                                                                      Para deixar COMENTÁRIOS clique no título do Post

engenheiro, escritor e bacharel em teologia;

ocupa o cargo de coordenador de consultoria da PromonLogicalis;

casado com Angélica, com quem tem dois filhos: Gabriel e Lívia

.


.

PROPOSTA  DO  BLOG

Nos tempos antigos, quando não existia ainda a prensa de Gutemberg, a tradição oral era a maneira mais eficiente de preservar um fato ou um ensinamento. Contava-se apenas com a memória de quem ouvia e com a destreza de quem transmitia.
Ao redor de fogueiras, mesas, caminhando à beira mar ou atravessando um deserto, o conhecimento era transmitido de pai para filho, de mestre para discípulo, de geração a geração.
Hoje, com o advento da internet, tudo está intensamente dinâmico e interativo. A comunicação humana atingiu graus nunca antes imaginados. Entretanto uma tradição permanece: a de contar histórias. Este blog procura resgatar esta prática milenar e preciosa de transmitir conceitos através de contos.
Nosso convite é que nos sentemos à beira da fogueira virtual desta aldeia global, sob o céu de uma noite estrelada computacional, para um momento de reflexão. Vamos lá? Era uma vez....

.

.

Super Lua

Postado 2016/12/17

Eles se viram pela primeira vez na praia do Farol da Barra, no meio daquela gente toda que admirava a super lua de 82.

De lá pra cá, foi um super tempo juntos e um super relacionamento que transmutou as insípidas vidas daqueles dois estudantes de engenharia.

Nesse lapso, as réguas “T” para linhas retas foram substituídas por textos tortos a decorar; as roupas e suéteres de cores desbotadas, abotoadas até o pescoço, deram lugar a figurinos os mais variados, quase vivos, pulsantes e cheios de expressão; e eles se tornaram descolados e construíram suas próprias lendas.

Culpa da super lua, eles diziam.

Leia o resto desta entrada »

Anselmo

Postado 2015/01/30

Qual o Tipo Mais Moderno de Liderança?

Para responder a esta pergunta, primeiramente é necessário entender que liderança é a capacidade de influenciar pessoas; ou ainda, de acordo com Kim e Mauborgne (1992), “é a habilidade de inspirar confiança e apoio entre as pessoas de cuja competência e compromisso depende o desempenho”.

Leia o resto desta entrada »

Epitáfio

Postado 2014/09/12

Um conjunto de condições deve ser fornecido pela empresa para que seus profissionais trabalhem motivados. Contudo, alguns destes pré-requisitos são de vital importância para que a relação entre o empregado e a empresa seja harmoniosa e frutífera, tanto quanto a relação entre duas pessoas que se querem bem. Katzell e Thompson (1990) alertam sobre a necessidade de "prestar mais atenção às diferenças individuais". Segundo os autores, as teorias sobre motivação têm focalizado principalmente os determinantes ambientais das atitudes e do comportamento e, pouco, as disposições, interesses, valores e metas do indivíduo que podem determinar os níveis de energia que eles investem no trabalho. O empregado precisa perceber que sua presença na empresa é importante e que ele faz parte da caminhada do negócio. Precisa sentir-se participante efetivo dos processos produtivos, encarando os negócios como se fossem seus, sem constrangimentos sobre suas limitações e sem embaraços na sua contribuição à organização à sociedade.

Leia o resto desta entrada »

Os Diamantes são Eternos

Postado 2014/01/17

Henry Mintzberg, em seu livro “O Processo da Estratégia” (2006) esclarece que há cinco formas de uma empresa enxergar seu conjunto de estratégias: Como um Plano para alinhar toda a empresa numa só direção, como uma Manobra (Ploy, em inglês) para derrubar os concorrentes, como uma Posição para dominar o mercado nicho após nicho, como um Padrão para especializar-se em um determinado segmento de mercado, ou como uma Perspectiva para alcançar sua visão de futuro através da preparação interna da organização. Este conceito ficou conhecido como os 5 P de Mintzberg. Na preparação da organização para alcançar sua visão de futuro (P de Perspectiva), a empresa pode desenvolver produtos e formas de operar inovadoras, que acabarão por levá-la a um mercado ainda não explorado. A perseguição consciente destes mercados é tratada no best-seller de W. Chan Kim e Renée Mauborgne, “A Estratégia do Oceano Azul: Como Criar Novos Mercados e Tornar a Concorrência Irrelevante” (2005). Mas seria tão fácil assim? Os profissionais de uma organização estudam os métodos que podem levá-los a alcançar uma visão de futuro através de “Oceanos Azuis”; são providos de talento e experiência para farejar novos mercados; e com estes ingredientes o futuro da empresa está garantido. Será?

Leia o resto desta entrada »

A Gaiola Dourada

Postado 2013/12/14

Em busca de liberdade

 

A SÍNDROME DE ESTOCOLMO EMPRESARIAL

A Síndrome de Estocolmo é um estado psicológico particular desenvolvido por algumas pessoas que são vítimas de sequestro. A síndrome se desenvolve a partir de tentativas da vítima de se identificar com seu captor ou de conquistar a simpatia do sequestrador. No final de um convívio prolongado a vítima tende a defender e até a se identificar com seus captores.

Questões Acadêmicas

 

De vez em quando um aluno de pós-graduação interpela o professor, geralmente os que aplicam disciplinas sobre os 4P da gestão empresarial (Planejamento, Processos, Pessoas e Projetos), com o seguinte argumento: “O que está sendo ensinado é muito bonito na teoria, mas não se aplica no dia a dia do trabalho”.

Geralmente esta interpelação acontece de forma bastante peremptória e com um tom de crítica aos ensinamentos que não retratam a triste realidade de algumas empresas no mercado. Interessante é que este mesmo profissional reclama de seus superiores na empresa por não agirem de forma planejada; por modificarem a toda hora suas tarefas, objetivos e metas; por não reconhecerem o bom desempenho de seus subordinados; por não trabalharem horizontalmente, com seus pares ou parceiros. Esta atitude contraditória parece uma Síndrome de Estocolmo Empresarial.

Leia o resto desta entrada »

O Menino Nazireu

Postado 2013/10/23

Em busca de um sentido

A motivação de um trabalhador superqualificado pode estar na Teoria da Expectativa de Victor Vroom, que seria tentar responder aos três anseios de uma pessoa que desenvolve determinada tarefa: Valência, Instrumentalidade e Expectância .

 

Naquela época não havia rei em Israel; cada um fazia o que lhe parecia certo.

Juízes 17:6

 

Num bangalô sobre o mar, Joice observava atentamente, pelo piso de vidro no meio da sala, os peixes coloridos sob seus pés. Iam e vinham no fundo do mar como se estivessem restritos àquele quadrado, quando na verdade tinham à sua disposição todas as águas do Pacífico.

Aquela autolimitação lhe era familiar.

O seu último dia na Polinésia Francesa parecia fechar um ciclo de crescimento e aprendizado. Foram dias de descanso e reflexão. A história que tinha acabado de ler – e que não lhe saía da mente - parecia resumir seus três últimos anos na Benkis Corporation.

Enquanto a tarde ia sendo dominada por uma brisa fresca que trazia do monte Otemanu aromas vulcânicos que se misturavam aos da vegetação nativa, Joice assentou-se na escada de madeira do deck do bangalô. Fitando a vastidão do mar, deixou-se levar mais uma vez pela história daquele menino.

Terra Prometida, 1200 a.C. Era o tempo de juízes [1]. Os filhos de Israel fizeram o que era mau [2] perante o Senhor e este os entregou nas mãos dos filisteus por longos quarenta anos. Além de cruéis, os filisteus descobriram o segredo do aço na era do bronze, impondo pesado jugo às tribos e reinos que conquistavam. O castigo era severo, mas Deus não abandonou o seu povo.

Leia o resto desta entrada »

.

Livros do prof. Walter Gassenferth

Sobre o livro Gestão de Negócios e Sustentabilidade: "Livro instigante, aborda com responsabilidade técnica uma especial enciclopédia de consultoria. Assuntos de gestão, motivação, MKT, postura, governança, ambiente e etc... São vários livros em um só, com modesto título, por isso o qualifico de "n" livros objetivamente compactados muito mais de que pesa e custa”.

Helson Lemos

"Li, gostei e recomendo o livro Gestão Empresarial em Gotas. Trata-se de uma leitura fácil que vai apresentar alguns conhecimentos essenciais para a gestão empresarial, mas sem ser maçante como um livro acadêmico. Trata-se de uma leitura indicada para gestores que queiram se familiarizar com algumas das técnicas e procedimentos da boa administração empresarial".

Callegari Coelho

Site Logística Descomplicada

http://www.logisticadescomplicada.com/gestao-empresarial-como-fazer/